Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
CBPFIndex
CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS FÍSICAS
17/09/2021   
Usuário:
Senha:

Crie sua conta aqui

Procurar por:

Publicações
Projetos
Eventos

Ir para a busca avançada

Dissertação de Mestrado
A influência do tamanho do microrganismo na fotocinesia do procarioto multicelular magnetotático "Candidatus Magnetoglobus multicellularis"

Data do cadastro: 21/07/2021

Publicação/Divulgação: 22/09/2020

Resp. pelo cadastro:

Orientador: D. Acosta-Avalos

Coorientador: -

Segundo Coorientador: -

Aluno: Marcos Venicio Gonçalves Sales

Status atual: Defendida

Instituição de defesa: CBPF - Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas

Resumo: Microrganismos com propriedades de magnetosensibilidade, tal como as bactérias magnetotáticas, são estudados desde a década de 1970. Durante estas pesquisas, foram identificados procariotos multicelulares com a referida propriedade. Neste trabalho, o procarioto multicelular magnetotático 'Candidatus Magnetoglobus multicellularis' (Ca. M. multicellularis) foi estudado com o objetivo de identificar a influência do comprimento de onda da luz e da fisiologia do microrganismo no mecanismo de magnetossensibilidade, em especial no que diz respeito ao mecanismo de pares radicais – RPM, utilizando a técnica da “Volta em U”. Foram realizados três experimentos ao longo de aproximadamente um ano (10/2017 a 10/2018). Verificou-se que, no primeiro experimento, o comprimento de onda da luz modificou o resultado para a velocidade média e o tempo da volta em U dos organismos, neste último, porém, o campo magnético radiofrequência não demostrou influência nos resultados. Para os dois seguintes experimentos realizados, a média de tamanhos dos organismos coletados aumentou significativamente e esse fator influenciou diretamente nos resultados obtidos, reduzindo ou eliminando as diferenças. O aumento de tamanho pode estar relacionado com o processo de divisão do microrganismo e, ao que parece, este processo afeta as propriedades magnetossensíveis do Ca. M. multicellularis. Já o aumento da velocidade com o aumento da intensidade do campo magnético aplicado (de 0,2mT para 2,0mT) se manteve em todos os experimentos, o que traz à tona outras questões relevantes sobre o Ca. M. multicellularis.

Área:

Data da defesa: 22/09/2020

Banca: Fernanda de Ávila Abreu; André Linhares Rossi; Carolina Neymann Klein; Henrique Lins de Barros


Download do PDF (1.289 KB)


Todos
Todos
Todas
Artigos de Div. Científica
Artigos em Revistas Nac.
Artigos em Revistas Int.
Artigos em Eventos Nac.
Artigos em Eventos Int.
Livros Inteiros
Capítulos de Livro
Propriedades Intelectuais
Áudio
Patentes
Programas de computador
Modelos de utilidade
Marcas
Outras prop. intel.
Tecnologias
Know-how
Serviços tecnológicos
Tecnologias inovadoras
Teses de Doutorado
Dissertações de Mestrado
Projetos de Graduação
Ciência e Sociedade
Documentos Históricos
Monografias
Notas de Física
Notas Técnicas
Outras Produções
· Principal    |    CBPF    |    ·

Copyright 2004 - CBPF. Rio de Janeiro/Brasil
Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas
v 1.1

       
P�g. gerada em 0.01 s
Total de consultas SQL: 55