Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
CBPFIndex
CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS FÍSICAS
08/12/2022   
Usuário:
Senha:

Crie sua conta aqui

Procurar por:

Publicações
Projetos
Eventos

Ir para a busca avançada

Dissertação de Mestrado
Nanoplataformas multifuncionais para aplicações em terapias térmicas: Nanopartículas de óxido de ferro decoradas com ouro

Data do cadastro: 30/03/2022

Publicação/Divulgação: 03/12/2021

Resp. pelo cadastro:

Orientador: Flávio Garcia

Coorientador: Evelyn Christyan da Silva Santos

Segundo Coorientador: -

Aluno: -

Status atual: Defendida

Instituição de defesa: CBPF - Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas

Resumo: Neste trabalho foram desenvolvidos sistemas multifuncionais com potencial aplicação para a entrega controlada de calor por duas formas diferentes: hipertermia magnética, através da aplicação de campo magnético alternado e foto-hipertermia, através da absorção de luz por ressonância de plásmon de superfície. Para isso, os nanossistemas produzidos são formados por nanopartículas (NPs) magnéticas de óxido de ferro decoradas com NPs de ouro (Au). As NPs de óxido de ferro foram sintetizadas pelo método de redução solvotérmico com etilenoglicol, o qual forneceu dois grupos de amostras com boa distribuição de tamanhos, apresentando diâmetro de 228 ± 35 e 265 ± 31 nm, e atenderam adequadamente aos pré-requisitos para aplicações biomédicas. Através das medidas magnéticas pudemos observar que estas NPs magnéticas são compostas por uma única fase de óxido de ferro, sendo magnetita (Fe$_3$O$_4$) e/ou maghemita (γ-Fe$_2$O$_3$), apresentando ainda coercividade relativamente baixa (3 mT) e magnetização de saturação entre 71 e 63 Am²/kg. A decoração com NPs de Au ocorreu por dois métodos: (I) Turkevich, que consiste na redução de Au$^{3+}$ por citrato de sódio sob a superfície das NPs magnéticas e (II) deposição-precipitação, que consiste na deposição de hidróxido de ouro na superfície das NPs de óxido de ferro previamente modificada com grupamentos aminas e concomitante redução do Au$^{3+}$. Além disso, a modulação do tamanho das NPs de Au foram investigadas em função da adição consecutiva de Au$^{3+}$ a fim de obter NPs de Au que possam interagir com a luz de forma diferente dependendo do seu tamanho. O método (I) se mostrou simples e rápido, no entanto não apresentou um recobrimento homogêneo, fornecendo NPs de Au com tamanhos entre 66 ± 17 e 88 ± 31 nm. Em contrapartida, o método (II) apresentou mais etapas, mas forneceu NPs decoradas homogeneamente com NPs de tamanho entre 12 ± 2 e 85 ± 20 nm. Neste trabalho investigamos apenas a eficiência na geração de calor pelas NPs através da incidência de campo magnético alternado (f= 307 kHz e H= 20 mT, ou seja, hipertermia magnética. Em água, as amostras apresentaram SAR (Taxa específica de absorção - Specific Absortion Rate) de 2,7 a 30,7 W/g.

Área:

Data da defesa: 03/12/2021

Banca: Diego Muraca; João Paulo Sinnecker; Luiz Augusto Sousa de Oliveira; A. P. Guimarães


Download do PDF (2.377 KB)


Todos
Todos
Todas
Artigos de Div. Científica
Artigos em Revistas Nac.
Artigos em Revistas Int.
Artigos em Eventos Nac.
Artigos em Eventos Int.
Livros Inteiros
Capítulos de Livro
Propriedades Intelectuais
Áudio
Patentes
Programas de computador
Modelos de utilidade
Marcas
Outras prop. intel.
Tecnologias
Know-how
Serviços tecnológicos
Tecnologias inovadoras
Teses de Doutorado
Dissertações de Mestrado
Projetos de Graduação
Ciência e Sociedade
Documentos Históricos
Monografias
Notas de Física
Notas Técnicas
Outras Produções
· Principal    |    CBPF    |    ·

Copyright 2004 - CBPF. Rio de Janeiro/Brasil
Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas
v 1.1

       
P�g. gerada em 0.01 s
Total de consultas SQL: 42