24/06/2017   
Usuário:
Senha:

Crie sua conta aqui

Procurar por:

Publicações
Projetos
Eventos

Ir para a busca avançada

Artigos de Divulgação Científica
IG NOBEL: PRIMEIRO NOS FAZ RIR, DEPOIS NOS FAZ PENSAR

Data do cadastro: 15/06/2016

Publicação/Divulgação: 01/06/2016

Resp. pelo cadastro:

Status atual: Publicado

Esta publicação está vinculada a uma tese? Não

Vínculo com algum programa de bolsa do CBPF: Não

Tipo de produção: Vídeo

Data da divulgação: 01/06/2016

Resumo: Este trabalho apresenta alguns exemplos para pensar os paradoxos e as contradições observados na ciência em decorrência de uma lógica da produtividade presente atualmente no meio acadêmico. Para isso, faremos um breve recorte que passa desde a premiação em ciência até a produção de artigos científicos dando destaque, por exemplo, ao IgNobel. Para nos ajudar a pensar a questão da produtividade na ciência trazemos algumas provocações elaboradas pelo Filósofo português José Gil. Dentro desse contexto, esse pensador nos apresenta primeiramente a ideia do “homem avaliado” como a figura social do século XXI. Nesse caso, levantamos a hipótese de que a lógica da produtividade utiliza indicadores que são na verdade frutos de uma época pautada principalmente na avaliação quantitativa como forma de controle tendo como consequência a produção de um tipo de subjetividade tão patente no meio científico

Url: http://dfis.uefs.br/caderno/vol14n1/s6Artigo04Pablo_IgNobel.pdf

Download do PDF (1.148 KB)


Todos
Todos
Todas
Artigos de Div. Científica
Artigos em Revistas Nac.
Artigos em Revistas Int.
Artigos em Eventos Nac.
Artigos em Eventos Int.
Livros Inteiros
Capítulos de Livro
Propriedades Intelectuais
Áudio
Patentes
Programas de computador
Modelos de utilidade
Marcas
Outras prop. intel.
Tecnologias
Know-how
Serviços tecnológicos
Tecnologias inovadoras
Teses de Doutorado
Dissertações de Mestrado
Projetos de Graduação
Ciência e Sociedade
Documentos Históricos
Monografias
Notas de Física
Notas Técnicas
Outras Produções
· Principal    |    CBPF    |    ·

Copyright 2004 - CBPF. Rio de Janeiro/Brasil
Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas
v 1.1

       
Pág. gerada em 0,06 s
Total de consultas SQL: 16